Lifestyle

Por Isadora de Almeida 25.10.2018

Fernando Schnerocke: da roça as passarelas do SPFW

Ser descoberto como modelo é o sonho de muitos – e a realidade de Fernando Schnerocke. O menino cresceu no interior do Espírito Santo, na cidade de Santa Maria de Jetibá, que conta com menos de 40 mil moradores. Filho de fazendeiros, Fernando começou desde cedo a ajudar na roça e trabalhar com os pais.

SIGA O SITE RG NO INSTAGRAM

Aos 13 anos teve seu primeiro contato com a moda. “Em um festival que rola anualmente na cidade, um scouter me chamou. Ele tinha um cabelo diferente, nunca tinha visto alguém assim”, relembra o modelo em papo com o RG. “Na hora eu fiquei abismado, nunca tinha pensado sobre ser modelo, só imaginava aquela realidade do interior.”

Porém, naquela época, nem ele e nem os seus pais toparam a empreitada na carreira. Foi com 16 anos que Fernando deu adeus ao interior e se mudou para São Paulo para cruzar as passarelas.

“Eu nunca tinha visto uma cidade grande”, conta o modelo sobre a mudança. No começo, Fernando lembra que foi difícil se adaptar à nova realidade: “Eu era caipira, supertímido. Chegava nos castings e ficava na minha”. Porém, o tempo foi o deixando mais confortável e, em sua quarta edição do SPFW, ele já esbanja simpatia.

  • Fernando Schnerocke Foto: Gabriel Benati