Moda

Por Isadora de Almeida 26.10.2018

Mipinta cria novos códigos de moda masculina no projeto Estufa, do SPFW

O projeto Estufa, que acontece dentro do line-up do SPFW, trouxe boas novidades para o mercado da moda nesta temporada e uma delas é a grife Mipinta. Sob o comando de Fernando Miró, a marca se propôs a apresentar novos códigos de moda masculina.

“Quando tentam fazer uma roupa extravagante para o homem, chegam muito perto do feminino, aí pode tombar no estereótipo, ser uma coisa caricata”, explica Fernando. Sua ideia é ir contra a máxima e, para isso, ele se inspirou no universo da aviação. “O ponto de partida foi uma reportagem sobre o Santos Dumont, em que a repórter americana criticava o fato dele ser muito feminino para a época”, diz o estilista. “Não é uma coleção sobre o aviador, eu trouxe essa referência para os dias atuais.”

SIGA O SITE RG NO INSTAGRAM

Em seus looks, a inspiração ficou clara nos detalhes, desde os óculos até amarrações em jaquetas que lembram paraquedas. “O paraquedismo, para mim, cria a ligação do universo da aviação com essa questão da sexualidade e da libertação, por causa da queda, em você se sente livre”. Inclusive, liberdade é tudo o que a grife busca: “A libertação do homem do guarda roupa superconvencional masculino”.

Com tanto talento e uma ideia amarrada, é difícil de acreditar que essa seja a primeira coleção da vida de Fernando. O estilista acabou de se formar em moda na universidade La Crambe, na Bélgica – país conhecido por ser exponente de grandes nomes da indústria. Inclusive, a MiPinta nasceu especialmente para essa apresentação. “Ainda não sabemos o esquema de produção e nem como iremos vender, somos muito novos. Mas a experiência foi ótima para entender como funciona a logística de um desfile.”

  • MiPinta Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
  • MiPinta Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
  • MiPinta Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
  • MiPinta Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
  • Mipinta - Projeto Estufa Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
5